Associação Brasileira de Psicologia nas Emergências e Desastres - ABRAPEDE

Nenhum comentário 24/02/2013 às 8h45 - Atualizado em 24/02/2013 às 8h45

Prefeita de Cubatão decreta estado de emergência na cidade

Compartilhe:

Sábado, 23 de fevereiro de 2013 – 12h44

Atualizado às 18h20

Subiu para para 256 o número de pessoas abrigadas no Centro Esportivo Castelão, em Cubatão, a grande maioria do bairro da Água Fria e algumas do Caminho dos Pilões. Esses moradores tiveram que deixar as casas, inundadas pela água de madrugada. Muitos foram resgatados com a ajuda do helicóptero da Polícia Militar e pelos bombeiros.

Outros 26 cidadãos, moradores da Vila São José, que passaram a noite na Escola João Ramalho, na Vila Nova, já retornaram para suas residências neste sábado pela manhã.

De acordo com informações da Defesa Civil, às 7 horas, o índice pluviométrico nos bairros Cota era de 198 mm, nas últimas 24 horas. A área urbana da Cidade somava, no mesmo horário, 272,2 mm (também nas últimas 24 horas).

Ainda de acordo com a Defesa Civil,  chega a 27 o número de pontos de deslizamentos de terra e risco de desabamento. O bairro mais atingido nesse sentido foi o Morro do Índio, com 11 ocorrências entre alagamento, risco de desabamento de paredes e telhados. A Cota 95 tem sete ocorrências registradas entre deslizamento de terra, de um muro de arrimo e queda de um poste, causando a interrupção da energia elétrica.

Já na Cota 200 foram oito registros entre escorregamentos e trincas nas paredes e muros. O Caminho dos Pilões registrou um escorregamento de terra e várias casas foram alagadas. Os moradores agora contam os prejuízos e retiram a lama de dentro da residência. Atualmente, 800 famílias vivem nos Pilões e foram impactadas de alguma forma.

A Reportagem de A Tribuna esteve no bairro Água Fria e constatou que a situação dos moradores é desesperadora. Com a chuva mais fraca, os moradores tentam limpar a lama das casas, salvar roupas e outros objetos das casas. A água, em algumas residências, chegou no telhado. Algumas famílias perderam tudo.

Créditos: Alberto Marques

O cenário em vários bairros de Cubatão, após horas de chuva, é de destruição

Doações

Moradores da cidade e funcionários públicos se mobilizam para ajudar os necessitados com doações de alimentos, produtos de higiene pessoal, roupas e sapatos. Desde a madrugada, as equipes da Secretaria de Assistência Social têm recebido inúmeros donativos vindos de vários pontos da cidade.

O Centro Esportivo Castelão (Rua Embaixador Pedro de Toledo, 365) centraliza o atendimento aos cidadãos, bem como o recebimento de donativos. De acordo com a Secretária de Assistência Social, Simone Aparecida dos Sabtos Lopes, a maior necessidade neste momento é de lençois, cobertores, toalhas de banho e brinquedos.

Além da Defesa Civil e Assistência Social, atua no atendimento às pessoas um força-tarefa formada por equipes também dos setores de Transporte, Engenharia, Alojamento, Vigilância, Trânsito, Comunicação Social, Coleta e Guarda de Donativos, Alimentação e Saúde.

Equipes do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), em conjunto com o Conselho Tutelar, estão atuando também nas escolas onde crianças foram mantidas após o final das aulas de sexta-feira, onde receberam primeiramente cuidados de professores e monitores e lanches.

A prefeita Marcia Rosa, o vice-prefeito Donizete Tavares do Nascimento, e os secretários municipais, estão comandando as providências para o atendimento aos desabrigados. Junto com a Defesa Civil, as equipes permanecem em plantão verificando as ocorrências de alagamentos e deslizamentos reportadas pela população em toda a cidade.

Por ter sido necessário paralisar o sistema de tratamento de água da Sabesp, é recomendado à população economizar água potável até a normalização do abastecimento.

Emergência

A prefeita Marcia Rosa decretou estado de emergência na cidade de Cubatão na manhã desta sexta-feira por conta das fortes chuvas desta sexta-feira que invadiram a madrugada de sábado. O decreto permite, ainda, compras emergenciais com menos burocracia e busca de recursos junto aos governos estadual e federal.

Os leitores de A Tribuna Elissan Cerqueira e Ricardo Santiago mandaram um vídeo para a redação mostrando a situação em Cubatão na noite desta sexta-feira. Confira:

 

Fonte: A Tribuna online

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Logotipo ABRAPEDE

Copyright © 2012 - 2020 - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICOLOGIA NAS EMERGÊNCIAS E DESASTRES. Todos os direitos Reservados

SBS Quadra 02, Bloco E, número 12, Sala 206 Sobreloja, Parte M8, Asa Sul - Brasília - DF - CEP: 70.070-120 - E-mail: abrapede.executiva@gmail.com