Associação Brasileira de Psicologia nas Emergências e Desastres - ABRAPEDE

Um comentário 17/03/2013 às 22h12 - Atualizado em 01/04/2013 às 21h21

Psicóloga da Cruz Vermelha vem dar apoio a famílias cachoeirenses

Compartilhe:

Cidade contará com rede de apoio para atender tragédias

 

 

 

 

 

 

 

Fabiane com os Pontes: psicóloga da Cruz Vermelha veio dar apoio às famílias das vítimas da Kiss

As famílias cachoeirenses que perderam jovens no incêndio da boate Kiss de Santa Maria, no último dia 27 de janeiro, receberam nesta sexta-feira a visita do serviço de apoio da Associação Brasileira de Psicologia nas Emergências e Desastres (Abrapede).

Os familiares das vítimas conversaram com a psicóloga da entidade e que também pertencem à Cruz Vermelha, Fabiane Angelo, 36 anos, que integra a equipe que dá suporte aos parentes enlutados pela tragédia.

A empresária Mariângela Pontes, que perdeu o único filho no incêndio da Kiss, o estudante Guilherme Pontes, 19 anos, recebeu em sua residência a psicóloga da Abrapede e também as famílias dos acadêmicos Murilo de Souza Baroni Silveira, 22 anos, e Rafael Quilião de Oliveira, 26 anos, que também morreram na boate. “Foi apenas o primeiro encontro,” disse Fabiane.

PLANO

A psicóloga revelou que o objetivo é traçar um plano para dar apoio aos parentes das vítimas e também para preparar o município para enfrentar tragédias como a que ocorreu em Santa Maria.

Conforme Fabiane a ajuda às famílias se dá por meio do conforto e suporte neste momento de luto. Por isso os voluntários precisam ter vontade de colaborar, espírito para a solidariedade e determinação para o comprometimento com o outro, completou a psicóloga da Abrapede.

Depois de conversar com as famílias enlutadas de Cachoeira do Sul, Fabiane foi apresentada ao prefeito Neiron Viegas pela empresária Mariangela Pontes.

Ele a recebeu em seu gabinete e prometeu dar apoio ao esforço de preparar voluntários para atuarem em tragédias no município. A secretária da Saúde, que estava no encontro, disse que os funcionários da pasta deverão participar do treinamento.

A psicóloga da Cruz Vermelha declarou que a tragédia ensinou que é preciso estar preparado para esses momentos.

Ela disse que o trabalho junto com as famílias das vítimas tem propiciado bons resultados e momentos de intensa solidariedade, que tem ajudado a amenizar a dor pela perda da vida de tantos jovens. “Esses encontros têm sido interessantes porque aproximam as pessoas,” relatou Fabiane.

Psicóloga Fabiane Angelo com a secretária da Saúde, Marta Caminha: capacitação para voluntários agirem em caso de tragédia

IMPORTANTE

O trabalho de preparação da cidade para enfrentar tragédias será definido nas próximas semanas, com apoio da Secretaria Municipal da Saúde e da Defesa Civil, que já tem prestado apoio logísticos às ações da Abrapede e da Cruz Vermelha, destacou a psicóloga Fabiane Angelo. “Vamos definir um plano com ações de treinamento e capacitação de servidores públicos e da comunidade em geral,” explicou a especialista.

ATENÇÃO
Os voluntários que quiserem participar da capacitação para a força-tarefa para enfrentar tragédias no município podem fazer contato com a psicóloga Fabiane Angelo pelo e-mail: fabiane.angelo@hotmail.com

Os pontes e a psicóloga Fabiane Angelo com Neiron: município precisa estar preparado para tragédias como a que ocorreu na boate de Santa Maria

Fonte: Jornal do Povo

 

 

 

Comentários

Uma resposta para “Psicóloga da Cruz Vermelha vem dar apoio a famílias cachoeirenses”

  1. Diego César disse:

    Parabéns ABRAPEDE e a Cruza Vermelha !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Logotipo ABRAPEDE

Copyright © 2012 - 2020 - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICOLOGIA NAS EMERGÊNCIAS E DESASTRES. Todos os direitos Reservados

SBS Quadra 02, Bloco E, número 12, Sala 206 Sobreloja, Parte M8, Asa Sul - Brasília - DF - CEP: 70.070-120 - E-mail: abrapede.executiva@gmail.com